3 dias em Copenhage

3 dias em Copenhage

Esta nota foi publicada originalmente no site Discover Travel News em espanhol. Nos recomendamos visitar Discover Travel News

 

Embora cidades como Paris e Londres sempre tenham despertado maior interesse para os viajantes à Europa, nos últimos anos eles também passaram a visitar cidades menores.

 

 

Principalmente aqueles que têm muito a oferecer em termos de cultura, gastronomia e história. Uma dessas cidades é Copenhague, capital da Dinamarca.

Localizada contra o Øresund, o estreito que separa a Dinamarca da Suécia, Copenhague fica quase inteiramente na ilha de Zealand, mas também uma parte na ilha de Amager. Se, à primeira vista, casas coloridas, canais e ruas estreitas nos lembram Amsterdã, Copenhague tem um charme único, um toque distinto próprio.

 

Nyhavn, CopenhagenPasseando em Copenhague

 

Copenhague é uma cidade, pela sua configuração e transporte, muito fácil de se locomover. A pé ou de bicicleta são as melhores formas de se deslocar, explorar e visitar. Possui sistema de bicicletas compartilhadas com mais de 2.000 veículos disponíveis somente na cidade. E o melhor é que estão todos equipados com sistema GPS, com custo adicional, que lhe permitirá deslocar-se com rapidez, facilidade e sem se perder.

Quando você quiser sair do centro, o sistema de ônibus e trem S-tog é muito importante e vasto. Tanto o ônibus quanto o metrô funcionam 24 horas por dia, 7 dias por semana, enquanto os trens circulam entre 5h e um pouco depois da meia-noite.

A taxa é única, um custo fixo para o dia ou período adquirido, através do Copenhagen Card. Funciona tanto para o metrô, quanto para o ônibus e para os trens, e não terá o trabalho de ter que comprar uma passagem a cada vez, ainda mais se você não conhece o idioma. Lembre-se de que praticamente todas as pessoas também falam inglês como segunda língua. Também é possível comprar um bilhete individual se você for usar apenas uma viagem. O cartão, que pode ser adquirido por meio de um aplicativo, também dá acesso a 87 atrações, incluindo vários museus. Saiba mais detalhes do cartão neste link. https://copenhagencard.com/

Sem dúvida, o cartão é uma opção altamente recomendada se você vai se deslocar por diversos lugares por vários dias e visitar muitas dessas atrações. Isso inclui um passeio de barco pelo canal, o Castelo de Rosenborg, Christiansborg, o Museu Nacional, o Museu de Amalienborg, o Zoológico, o Castelo de Kronborg, o imperdível Museu do Castelo de Frederiksborg e muito mais. No site do cartão você pode ver tudo que inclui.

O cartão também não é muito barato, mas considerando o transporte e os bilhetes, recomendamos. Além disso, os táxis têm tarifas altas e não há um sistema semelhante ao Uber disponível em toda a Dinamarca.

Com base na nota postada no Currents, o blog de Seabourn

 

Christiania

 

DIA 1 EM COPENHAGEN

A primeira coisa que recomendamos é passear por Kastellet, uma das fortalezas em melhor estado do norte da Europa. Com sua extensão de parques verdes, moinhos de vento e apelo histórico, é uma das melhores maneiras de passar sua primeira manhã na Dinamarca. Todo meio-dia há uma troca de guarda que todos aproveitam para testemunhar.

 

Devido à proximidade entre os passeios, é ideal combinar com uma visita à famosa Estátua da Pequena Sereia. Construída em 1913, é um dos marcos a serem vistos em qualquer visita à cidade. Já tem 100 anos!

Em seguida, recomendamos que você siga para Nyhavn, um dos melhores bairros para passear, experimentar o melhor da culinária dinamarquesa e ver os edifícios coloridos que aparecem em todos os cartões postais e pinturas da cidade. Perfeito para alguns drinks e o primeiro jantar.

 

DIA 2 EM COPENHAGE

Para começar o segundo dia, e no coração da cidade, organize uma visita ao Castelo de Rosenborg. Este castelo com mais de 400 anos foi construído por Christian IV e oferece passeios para visitantes que desejam mergulhar na rica história do trono dinamarquês. Dentro do castelo você pode ver o Salão do Cavaleiro e o Salão do Trono da Coroação, guardado por três impressionantes tigres de prata em tamanho real. A entrada está incluída no cartão.

Depois do Castelo de Rosenborg, é hora de visitar um dos lugares mais interessantes, não só da Dinamarca, mas de toda a Europa: Christiania. É uma comunidade de 900 pessoas localizada um pouco fora do centro da cidade, que está fora da jurisdição do governo dinamarquês. Seu nome oficial é Fristaden Christiania, ou seja, Cidade Livre de Christiania. Existem apenas duas regras que se impõem aos visitantes: divertir-se sem perturbar seus habitantes e respeitar o “não tirar fotos” onde são proibidas. Muito simples, pois todos os que chegam são encorajados a explorar os seus diversos cafés, restaurantes e locais de música ao vivo.

Pode ser visitada sozinha ou em alguns passeios organizados, e também é um bom lugar para comprar alguns souvenirs com preços bem mais baixos do que na cidade. Este local tornou-se o segundo local mais visitado de todo o país. Não há carros e você só pode visitá-la a pé ou de bicicleta. Além dos cafés e lojas, os murais de rua são obrigatórios. O metrô vai até a cidade.

Voltando ao centro da cidade, recomendamos uma visita aos Jardins do Tivoli, pois a tarde/noite é uma das melhores horas para o fazer. Conhecido como parque de diversões, o Tivoli é muito mais do que isso. Com uma vegetação luxuriante, arquitetura rica e luzes fascinantes, é uma das maiores atrações de Copenhague. Perfeito para passear pelas trilhas, chegar perto de um dos teatros circenses ou fazer um lanche, são dezenas de atrações incríveis para conhecer. A visita é melhor nessas horas em que tudo acontece.

 

Centro de Copenhagen

DIA 3 EM COPENHAGE

Nenhuma visita à cidade estaria completa sem uma visita ao Museu Nacional da Dinamarca, no Castelo de Frederiksberg. Como a maioria dos países europeus, séculos de história se entrelaçam e é essencial valorizar cada lugar, cultura e cidade em sua verdadeira magnitude. Pelos corredores deste castelo-museu, você pode aprender sobre as mudanças na história da Dinamarca. Objetos de cerâmica, joias e artefatos de várias épocas da história dinamarquesa. Muitos detalhes sobre esta incrível visita podem ser encontrados em nosso guia específico de Frederiksborg. A entrada está incluída no cartão.

A próxima visita deve ser a Cervejaria Carlsberg. A Carlsberg é uma cerveja reconhecida mundialmente pela sua qualidade. Esta é a sua casa e para quem gosta desta bebida é uma visita obrigatória. Você poderá aprender sobre a cerveja e suas origens, como é feita, comer algo e, claro, ter uma Carlsberg direto do tanque.

Da cervejaria, você pode caminhar até Frederiksberg Have, um dos parques mais bonitos e populares de Copenhague. Bem na frente do parque está o Zoológico de Copenhagen, que é outra atração incrível por si só. Se o zoológico não se adequar aos seus interesses ou momento, há muito mais para ver.

 

 

Outros

Kong Hong
Hong Kong, onde as culturas se reúnem 

Com a Princess, descobrimos tudo o que Hong Kong tem a oferecer, com...

Uxmal - Mexico
Deixe-se enfeitiçar pela cidade maia de Uxmal

Uxmal é o ponto culminante, o clímax, da Rota Puuc. O complexo Maia mais importante e...